E-mail: julio@csaminas.org                      Whatsapp: 31-98606-0639

O que vem na cesta

Atualmente entregamos 20 cestas familiares (verdes) e 60 individuais (vermelhas), o que dificulta muito a divisão equânime da colheita. Estamos debatendo no Conselho de Gestão e costurando uma proposta de unificar o tamanho das cestas, para atender uma reivindicação dos agricultores, sem contrariar os interesses dos coagricultores. Ainda não sabemos como faremos isso, mas já decidimos que a partir de agora não aceitaremos novas adesões para cestas individuais.

 

Atualmente nosso compromisso é de entregar no mínimo 10 itens na cesta familiar e, para fazer o planejamento de plantio, contamos com a ajuda voluntária da agrônoma/coprodutora Cida Resende e com a experiência dos agricultores, pensando sempre na variedade e na quantidade dos produtos que entregamos conforme a colheita de cada semana.

 

Sempre há hortaliças e frutas, com predominância de folheosas, mas não é possível prever exatamente o que iremos colher, já que nossa produção varia conforme a estação e as condições climáticas. Estes são alguns produtos que cultivamos e que podem (ou não) compor as cestas: alface, rúcula, couve, acelga, agrião, almeirão, mostarda, brócolis, manjericão, hortelã, hortelã-pimenta, abobrinha, berinjela, cenoura, beterraba, nabo, jiló, pimentão, pepino, batata doce, mandioca, banana, limão, mexerica, abacate, manga, acerola, goiaba, etc. Também costumamos entregar algumas PANCs (plantas alimentícias não convencionais), tais como: serralha, beldroega, caruru, azedinha, peixinho, ora-pro-nobis, picão, mão de Deus, maxixe, serralha, transagem, etc.

É importante entender que a CSA MINAS não é como um sacolão ou um grupo de compras, onde escolhemos o que iremos comer. Contamos com consumidores conscientes, que agradecem e apreciam o que a natureza nos oferece a cada semana, sem ficar contando com este ou aquele produto na cesta.

 

Os agricultores são responsáveis por dividir os produtos colhidos nas cestas e se esforçam para fazer isso da forma mais equânime possível. Procuramos entregar os mesmos itens em todas as cestas, mas pode haver variação, dependendo da quantidade e da variedade de produtos colhidos a cada semana. Daí a importância do critério de distribuição aleatória, ou seja, a regra é pegar a cesta de cima da pilha, sem comparar e escolher.

Nossa

Cesta